Colunas

1 22/04/2021 23:59

DOR, ANSIEDADE E DEPRESSÃO

DOR, ANSIEDADE E DEPRESSÃO 

*Dra. Tatiana Brasileiro

Muitas pessoas podem apresentar em algum momento tensão muscular, dores no corpo, dores de cabeça, porém para pessoas com transtornos de ansiedade e transtornos de humor (como depressão e transtorno bipolar), dores como essas podem ser bastante comuns, intensas, mais duradouras e mais difíceis de tratar. 

Embora os sintomas dolorosos não sejam necessários para fazer o diagnóstico dos transtornos ansiosos ou de humor, são achados comumente associados e por vezes algumas pessoas enfatizam mais as queixas no corpo que sentimentos de tristeza, por exemplo. Nestes casos, é comum que o paciente tenha passado por diversas avaliações e exames antes de chegar ao atendimento psiquiátrico, pois focar apenas na queixa de dor pode reduzir a consciência de que um distúrbio psiquiátrico também possa estar presente.

 Entre os indivíduos atendidos em ambientes médicos gerais, aqueles com transtorno depressivo têm mais dor e outras doenças físicas, redução do funcionamento físico e social e maior risco de incapacidade decorrente dos sintomas.  

Há vários mecanismos biológicos e psicológicos envolvidos na sobreposição entre dor crônica, ansiedade e depressão. De um lado, ter dor crônica pode ser fator de risco para depressão e por outro lado, a depressão além de poder ser fisicamente dolorosa, está associada a maior intensidade e duração da dor por mecanismos neurobiológicos comuns.  

Pensamentos, emoções e sensações físicas estão interligados. Por exemplo, a ansiedade pode gerar tensão muscular e perceber a tensão muscular e a dor pode aumentar a sensação de angústia e ansiedade, bem como levar a preocupações excessivas em relação a dor e a ter outras doenças. Sabe-se que o estresse crônico tende a exacerbar a dor, bem como intensificar os sintomas de ansiedade e depressão, portanto técnicas que promovam o relaxamento muscular e redução do estresse podem ser úteis no tratamento.

O tratamento costuma envolver várias abordagens, podendo necessitar de psicofármacos (destacando que algumas medicações que tratam a depressão e ansiedade também podem reduzir sintomas de dor crònica), psicoterapia, fisioterapia, atividade física, entre outros. 

Referências:

-Sheng, J. et al. The Link between Depression and Chronic Pain: Neural Mechanisms in the Brain.. Neural Plast. 2017

-The pain-anxiety-depression connection. Harvard Health Publishing, 2010

-American Psychiatric Association. (2013). Diagnostic and statistical manual of mental disorders (5th ed.).

 

 

*Dra Tatiana Brasileiro - Médica Psiquiatra - CRM 22928 – RQE 13692

Instagram: @saude.em.sua.mente

E-mail: [email protected]


Categorias

 Carolina Daltro - Fisioterapeuta Dermato Funcional 






Rua Tiradentes, 30 – 4º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.430-180
Tel.: (75) 3631-2677 | 3631-2924 | 3631-9500 | 9 9711-6971 (Whatsapp) - Definitivamente a melhor.
© 2010 - Rádio Andaiá FM - Todos os direitos reservados.