últimas notícias

Notícias

1 17/09/2019 08:40

A Polícia do Rio de Janeiro cumpre mandados de busca e apreensão em quatro endereços ligados à deputada federal Flordelis (PSD), nesta terça-feira (17). A operação faz parte das investigações da morte do marido dela, o pastor Anderson do Carmo, que completa três meses esta semana.

As equipes da polícia estão na casa do casal, onde Anderson foi morto, em uma casa em Jacarepaguá, na Freguesia; no gabinete no Centro do Rio, na Rua 1º de Março; e no apartamento funcional da deputada em Brasília, na Asa Norte.

Dois filhos da deputada, Flávio e Lucas dos Santos, ainda estão presos, acusados de terem matado o pastor Anderson. 

Celular

Em seu depoimento dado à polícia no dia 24 de julho, um dos filhos adotivos de Flordelis, Wagner Andrade Pimenta, o pastor e vereador de São Gonçalo conhecido como Misael, relatou aos investigadores que esteve com a mãe três dias antes, na casa da família, em Pendotiba. Segundo Misael, durante uma reunião no quarto da mãe, ela escreveu em um caderno os dizeres “Nós quebramos o celular do Niel e jogamos na ponte Rio-Niterói”. Niel era o apelido de Anderson na família.

Ainda segundo o jornal O Globo, Flordelis afirmou não ter conhecimento do paradeiro do celular do marido foi dado também no dia 24, mesmo dia em que Misael foi ouvido pelos investigadores. No relato, Misael afirma ainda que o caderno passou pelas mãos de sua esposa, Luana, e de Daniel dos Santos, seu irmão.

Em seu depoimento, o filho adotivo de Flordelis ainda revelou que teve acesso ao telefone celular do pai no dia seguinte ao crime. Misael contou que o aparelho que estava com o motorista da mãe, Marcio da Costa Paulo, conhecido como Buba. Segundo o vereador, Buba relatou a ele que entregaria o celular para Flordelis. No mesmo relato, Misael disse acreditar que a mãe foi a “mentora intelectual” da morte do pastor.

Correio







Rua Tiradentes, 30 – 4º Andar – Edf. São Francisco – Centro - Santo Antônio de Jesus/BA. CEP: 44.571-115
Tel.: (75) 3631-2677 | 3631-2924 | 3631-9500 | 9 9711-6971 (Whatsapp) - Definitivamente a melhor.
© 2010 - Rádio Andaiá FM - Todos os direitos reservados.